A maldição das estrelas Disney. Demi Lovato conta que foi violada na adolescência

A cantora não revela quem a violou, mas refere que era alguém que tinha de ver todos os dias nos tempos em que trabalhava no Disney Channel.

A cantora Demi Lovato revelou que foi violada quando era adolescente e trabalhava no Disney Channel no final da década de 2000. O violador seria alguém que a artista tinha de ver todos os dias. Mais, o alegado violador não sofreu qualquer consequência, depois de ela ter revelado o que lhe tinha acontecido.

Apesar desta denúncia, Demi Lovato não revela o nome da pessoa que acusa de a ter violado. No documentário em que fez estas revelações, diz apenas que era uma pessoas que "tinha de ver a toda a hora" depois do que aconteceu.

Estas revelações fazem parte do documentário do YouTube Demi Lovato: Dancing with the Devil, que estreou na terça-feira no SXSW. Nesta série documental, a cantora de 28 anos fala ainda do trauma, da dependência das drogas e do álcool e do facto de quase ter morrido de overdose em 2018. A cantora debate-se ainda há anos com bulímia.

É ao contar o episódio da sua overdose - durante o qual terá sido violada pelo traficante que lhe vendeu a droga - que Demi Lovato fala da violação na adolescência. "Perdi a minha virgindade numa violação", revelou. "Telefonei à pessoa um mês depois e tentei fazer o quer certo, mas tudo o que consegui foi sentir-me ainda pior."

A carregar o vídeo ...

Sobre o episódio, Demi Lovato descreve-o como tendo começado de forma consensual. "Estamos a beijar-nos e eu disse 'hey, isto não vai mais longe, sou virgem e não quero perder a virgindade desta forma.' E isso não interessou para essa pessoa, que avançou na mesma. Interiorizei isso e disse a mim mesma que a culpa era minha porque entrei no quarto com ele, beijei-o."

Demi Lovato não revela quando ou onde aconteceu este episódio. Mas sublinha que tal aconteceu durante o tempo em que "era parte daquele grupo Disney que dizia publicamente que iam esperar até ao casamento". Uma referência aos anéis de castidade - uma joia que simbolizava o compromisso de esperar pelo casamento para ter relações sexuais. Esta joia foi usada durante algum tempo (no final dos anos 2000) por artistas adolescentes como Nick e Joe Jonas, Miley Cyrus ou Selena Gomez.

A própria Demi lovato chegou a usar esse anel de castidade em 2008, quando rodou o filme Camp Rock, pelo qual ficou conhecida, e tinha 15 anos.

Estes traumas contribuiram, admitiu a cantora, para que não conseguisse dar a volta por cima durante tanto tempo. "Culpei-me durante anos e esse é também o motivo pelo qual teve muita dificuldade em aceitar que o que me tinha acontecido era uma violação."

Em 2018, Demi Lovato pôs fim a seis anos de sobriedade, diz ela, por causa dos distúrbios alimentares e do controlo por parte da sua equipa. Acabou por sofrer uma overdose que lhe provocou um ataque cardíaco e a deixou dias no hospital. Diz mesmo que foi "deixada para morrer" pelo seu dealer, que a terá violado enquanto sofria a overdose e mal estava consciente.

As lutas da estrela adolescente
Demi Lovato começou a sua carreia aos 9 anos, mas apenas atingiu o estrelado aos 15 quando fez parte do elenco de Camp Rock produzido pelo Disney Channel. Depois participou em séries dos mesmo canal e passou pelo júri do programa de talentos X Factor, ao mesmo tempo que mantinha uma carreira de cantora.

As primeira revelações das suas lutas pessoais começaram em 2010, dois anos depois de ter feito Camp Rock. Aos 18 anos, estava a increver-se numa clínica de reabilitação para tratar a dependência do álcool e das drogas.

Em 2013, para a ajudar a manter a sobriedade e a lidar com a bipolaridade e distúrbios alimentares interna-se numa casa de reabilitação. Depois de seis anos sóbria, volta a ter uma recaída e canta sobre isso na música "Sober".

Durante uma overdose em 2018 sofre três derrames e um ataque cardíaco. Os médicos chegaram a acreditar que a estrela da música não iria sobreviver. Apesar das lutas, Demi Lovato mantém uma atitude positiva e tenta com a partilha da sua experiência ajudar pessoas que estão na mesma situação.
Artigos Relacionados