Cristina Rodrigues, ex-deputada do PAN, vai ser assessora parlamentar do Chega

Cristina Rodrigues, ex-deputada do PAN, vai ser assessora parlamentar do Chega
Diogo Camilo 23 de março
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de setembro
As mais lidas

Depois de se ter desfiliado do PAN e ter ajudado o PS a aprovar o Orçamento do Estado para 2020, a ainda deputada não-inscrita será responsável por coordenar a área jurídica no gabinete parlamentar do Chega na próxima legislatura.

A ex-deputada do PAN e deputada não-inscrita Cristina Rodrigues vai ser assessora do gabinete parlamentar do Chega na próxima legislatura.

Lusa
Eleita em 2019 pelo círculo eleitoral de Setúbal, deixou o partido poucos meses depois em rutura com a direção do partido, acusando-a de a silenciar e condicionar a sua "capacidade de trabalho". Como deputada não-inscrita, focou o seu trabalho parlamentar na áreas dos direitos das mulheres.

"Com toda a transparência quero dizer-vos que irei trabalhar para o Chega. As minhas funções serão jurídicas e foi-me assegurada a possibilidade de continuar a trabalhar certos temas que acho prioritários. Apenas vos quero dizer que continuo aqui, sempre disponível para ajudar no que me for possível", escreveu Cristina Rodrigues na sua página de Twitter.



No Chega, a ex-deputada será responsável por coordenar a área jurídica que prestará apoio ao gabinete parlamentar do partido de extrema-direita.

Após as legislativas de 30 de janeiro, o Chega passou de ter um deputado único, André Ventura, a 12 deputados, conquistando mais de 7% dos votos.



A desvinculação de Cristina Rodrigues do PAN foi anunciada em junho de 2020, indicando que já não conseguia "lidar com a forma como o PAN tem sido orientado" e considerava não ser possível "inverter esse rumo através dos atuais mecanismos internos".

"Fui sentindo cada vez mais a minha voz silenciada e a minha capacidade de trabalho condicionada, o que culminou com o meu recente afastamento da Comissão Política Permanente do PAN, feito à minha revelia e sem aviso prévio", referiu na altura.

Antes das legislativas, surgiu como hipótese a sua integração como candidata independente nas listas do PS, depois de ter ajudado a aprovar estados de emergências durante a pandemia e o Orçamento de Estado do governo de Costa através de abstenção.

Em comunicado, o Chega confirmou que a "ex-deputada Cristina Rodrigues fará parte do gabinete de assessoria parlamentar, a iniciar funções no início da nova legislatura".

"A ex-deputada Cristina Rodrigues prestará apoio, enquanto coordenadora jurídica, ao gabinete parlamentar, que beneficiará da sua considerável experiência parlamentar e de muitas causas nobres em que tem colocado o seu empenho", refere o partido.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais