Assédio sexual: Envie-nos a sua história e denuncie

Pode fazê-lo através do email investigacao@sabado.cofina.pt ou das redes sociais da SÁBADO. Junte-se às 17 mulheres que contaram na primeira pessoa as situações de que foram alvo.

Sofia Arruda falou e reacendeu o debate que em 2018 se iniciou em Hollywood e que correu o mundo com o hashtag #metoo. A atriz denunciou numa entrevista que foi vítima de assédio num canal de televisão. Depois de ter exposto o que lhe aconteceu – esteve sete anos sem trabalhar por ter dito não a uma "aproximação menos profissional" de uma pessoa com muito poder daquela estação –, as redes sociais foram inundadas por histórias, sobretudo de mulheres, que também passaram pelo mesmo. 

Numa tentativa de não deixar esmorecer novamente o assunto, nesta edição, a SÁBADO dá voz a 17 mulheres, conhecidas e anónimas, que foram alvo de assédio: no trabalho, na rua, nos transportes públicos, na praia. A cantora Marisa Liz, a sexóloga Vânia Beliz ou a antiga atriz Inês Simões deram o seu testemunho, assim como mulheres anónimas de áreas tão diferentes como a televisão, a saúde, o jornalismo, a economia, o direito ou a aviação. 

Todavia, a denúncia de casos isolados não é suficiente. Se já foi alvo de assédio sexual, denuncie. Junte-se a estas 17 mulheres que deram a cara na revista. Pode fazê-lo através do email investigacao@sabado.cofina.pt ou das redes sociais da SÁBADO. Envie-nos a sua própria história.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Investigação
Opinião Ver mais