Juiz Ivo Rosa mandou arquivar 33 crimes contra empresa do Grupo Espírito Santo

Juiz Ivo Rosa mandou arquivar 33 crimes contra empresa do Grupo Espírito Santo
Carlos Rodrigues Lima 16 de fevereiro de 2022

Durante vários anos, a ES Resources foi representada no processo do BES por um administrador que já não fazia parte dos órgãos sociais. Um erro do Ministério Público que levou ao arquivamento de 33 crimes

O juiz Ivo Rosa mandou arquivar as suspeitas contra a empresa Espírito Santo Resources (ES Resources), que se encontrava acusada no processo do Banco Espírito Santo por 33 crimes. Durante vários anos, como a SÁBADO noticiou, aquela sociedade foi representada no processo-crime por Manuel Fernando Espírito Santo que já não fazia parte dos seus órgãos sociais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais