Juiz Ivo Rosa admite que instrução do BES vai ultrapassar prazo legal

Juiz Ivo Rosa admite que instrução do BES vai ultrapassar prazo legal
Carlos Rodrigues Lima 27 de janeiro

Magistrado já agendou audição de testemunhas e vai pedir documentos ao Banco de Portugal, Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, entre outras entidades. Processo tem 25 arguidos e 123 assistentes. Juiz já pediu uma sala com espaço para acomodar o processo e os advogados.

O juiz Ivo Rosa deu início, esta quinta-feira, à fase de instrução do processo do Banco Espírito Santo. Num longo despacho de 147 páginas, o magistrado já agendou a audição de testemunhas, assim como ordenou o Banco de Portugal, Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, Novo Banco, entre outros, a fornecerem documentos ao tribunal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais