O que simboliza o Dia da Vitória para o regime de Putin?

Lusa 06 de maio
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 19 a 25 de maio
As mais lidas

Está prevista uma parada militar para mostrar o poderio do presidente russo, em plena guerra com a Ucrânia.

Este ano, as comemorações russas do Dia da Vitória – que assinala a derrota do regime nazi, na Segunda Guerra Mundial – assumem simbolismo particular, com uma parada militar para demonstrar o seu poderio bélico.

REUTERS/Maxim Shemetov
Eis uma lista de perguntas e respostas sobre as comemorações do Dia da Vitória.

O que assinala o Dia da Vitória?

O Dia da Vitória comemora a vitória europeia dos Aliados sobre o regime da Alemanha nazi, no final da Segunda Guerra Mundial, em 08 de maio 1945. Nos países sob influência da antiga União Soviética, a partir de 1967, o Dia da Vitória começou a ser comemorado nos dias 09 de maio, referindo-se ao dia da capitulação das forças nazis perante as tropas soviéticas, e passou a ser considerado um dia feriado. Na maior parte dos países europeus ocidentais, continuou a celebrar-se o Dia da Vitória em 08 de maio.

Que significado tem o Dia da Vitória de 2022 para a Rússia?

Nas últimas semanas, os serviços de informações ocidentais passaram a mensagem de que o Kremlin gostaria de celebrar o dia 09 de maio deste ano com uma importante vitória na guerra na Ucrânia.

Contudo, nos últimos dias, as autoridades russas têm esvaziado as expectativas relativamente a um qualquer sucesso militar até ao Dia da Vitória, embora não abdiquem de celebrar a data com a pompa e circunstância de outros anos, aproveitando para organizar uma parada militar na Praça Vermelha, em Moscovo, para expor o seu poderio de armamento.

Nem durante os difíceis anos da pandemia de covid-19, em 2020 e 2021, a Rússia deixou de celebrar o Dia da Vitória, apenas concedendo o adiamento dos festejos.

Que festejos estão a ser preparados na Rússia para o Dia da Vitória deste ano?

Em plena invasão da Ucrânia – que o Presidente Vladimir Putin apelidou de "operação militar especial" – o Kremlin prometeu uma parada militar para o dia 09 de maio com mais de 10.000 soldados, 62 aviões de combate e 15 helicópteros de guerra.

Durante as cerimónias, está programado que oito aviões de caça Mig-29 escrevam no céu a letra Z, símbolo adotado pelos apoiantes da invasão russa da Ucrânia.

Durante os preparativos para a celebração deste ano na Rússia, no final de abril, as ruas do centro de Moscovo foram encerradas para deixar passar dezenas de veículos militares que ensaiavam a parada de dia 09 de maio.

À cabeça da longa fila de veículos, destacavam-se os que transportavam mísseis de longo alcance, capazes de transportar ogivas de armas nucleares.

Que outras antigas repúblicas soviéticas ainda celebram o Dia da Vitória?

A maioria das repúblicas que pertenceram à União Soviética, bem como vários países que estiveram sob a sua influência, ainda hoje celebram este dia, com diferentes designações e com diferentes modelos (alguns preservam o dia de feriado, outras apenas o recordam com pequenas festividades).

Este ano, por causa da guerra na Ucrânia, vários países estão a planear celebrações mais modestas e discretas.

No caso da autoproclamada república separatista da Transnístria, na Moldova, a parada militar de 09 de maio foi mesmo cancelada, após uma série de ataques terroristas que indiciaram a possibilidade de a intervenção militar russa se poder alargar para este território.

As celebrações russas do Dia da Vitória deste ano vão ter convidados internacionais?

O Kremlin já justificou com o facto de não se tratar de uma "data redonda" a ausência de convites a personalidades de outros países para assistirem à parada militar em Moscovo.

Em 1995, quando da celebração dos 50 anos da vitória europeia da Segunda Guerra Mundial, muitos líderes mundiais convergiram em Moscovo, naquele que era o primeiro grande evento estatal após a queda do Muro de Berlim.

Em 2015, na comemoração dos 70 anos, estiveram presentes os presidentes de países como a Índia e a China, mas a maioria dos líderes ocidentais boicotaram a cerimónia, por causa da anexação da Crimeia pela Rússia, em 2014.

Em 2020, as celebrações dos 75 anos do Dia da Vitória foram adiadas por causa da pandemia de covid-19.

Que significado atribui o Presidente Putin ao Dia da Vitória?

Vários analistas concordam que Putin vai apostar nas manifestações de 09 de maio como uma demonstração do poderio militar russo, ao mesmo tempo que procurará aproveitar a ocasião para modelar a sua narrativa de líder que foi obrigado a envolver-se numa guerra na Ucrânia para proteger os interesses da população de língua russa.

A quantas celebrações do Dia da Vitória poderá Putin ainda presidir?

Em 2021, Putin assinou uma lei que lhe permitirá continuar no cargo de Presidente da Rússia durante mais 14 anos, até 2036.

Se conseguir esse feito, nesse ano de 2036 Putin terá completado 36 no Kremlin, mais do que Estaline, que foi Presidente durante 29 anos.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais