João Pereira Coutinho
João Pereira Coutinho Politólogo, escritor
21.01.2022

Depois dos debates

Rui Rio tem uma teoria muito dele: quando não há eleições, a oposição deve ser feita em surdina; quando há eleições, é preciso subir o tom. António Costa fala para um auditório onde a memória já não é o que era – e, em certos casos, nunca foi grande coisa.

14.01.2022

Mártires da pátria

Não passa pela cabeça dos optimistas que os defeitos que eles detectam em Ventura são precisamente as virtudes que os seus eleitores mais apreciam. E que quanto mais acaloradas são as críticas ao candidato, mais os seus apoiantes se juntam à volta dele.

07.01.2022

Estados de espírito

O meu interesse nestes debates não é saber quem ganha – é saber quem aguenta André Ventura com igual estoicismo, sem enfartar ou agredir o adversário em directo. Será Rui Rio capaz? Será António Costa?

31.12.2021

Sem emenda

Há reformas que precisam do PS e do PSD sentados à mesma mesa. Mas o que se passou nos últimos anos, sob o alto patrocínio de Rui Rio, foi o aviltamento de qualquer ideia de oposição democrática.

24.12.2021

Teatro de sombras

Espero que Rui Rio não chegue à conclusão de que o único resultado verdadeiramente seguro para o PSD é perder por pouco, impedindo assim a demissão de António Costa. Já bastou o que bastou.

17.12.2021

Problemas de compreensão

É por isso que o jornalismo independente que ainda se pratica por cá, e que ainda não foi silenciado como aconteceu com o programa Sexta às 9 da RTP, tem uma dupla missão pela frente: vigiar o poder, sim, mas vigiar também o “jornalismo” moralmente corrupto que tudo faz para impedir essa vigilância.

10.12.2021

Calamidades

A vacinação evita largamente a doença grave e a morte. Também reduz a infecção e o contágio. Mas a “evidência científica”, para usar a expressão que os parolos adoram, não perturba a histeria em curso, que tem na exigência de testes para visitas a lares e a hospitais o seu momento mais cruel.

03.12.2021

Ironias da vida

Especialistas diversos garantem que as variantes não vão ficar por aqui e culpam os países ricos pela corda com que se podem enforcar: o açambarcamento de vacinas pelo Ocidente transformou África num continente indefeso – e num viveiro de novas variantes.

26.11.2021

Sinais de alarme

No próximo sábado, talvez a contenda no PSD se resuma a isto: de um lado, alguém que aceita o charco; do outro, alguém que, pelo menos, não nega que ele existe.

19.11.2021

Fome e fartura

O meu pasmo continua com Inês de Sousa Real, do PAN. Todos os dias, lá a vejo de um lado para o outro, a criticar os hábitos do parceiro e a enfiar-nos pela goela abaixo todos os clichés do “movimento verde”.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana