Bruno Faria Lopes
Bruno Faria Lopes Jornalista

Quando não estou a ser cuidadosamente triturado pelas minhas três filhas sou jornalista de economia na SÁBADO, onde trabalho desde 2016. Comecei em 2000 no Jornal de Negócios, onde hoje tenho uma coluna de opinião. Trabalhei nas revistas Carteira e Dia D, estive na fundação do jornal i e no auge e fecho do Diário Económico, de que fui editor e subdirector. Pode ver-me, às vezes, a falar de economia na CMTV. Dicas? Envie para brunolopes@sabado.cofina.pt ou encontre-me no Twitter, em @bfarialopes.

Sérgio Figueiredo. O sedutor 'viciado em poder'
OntemBruno Faria Lopes

Sérgio Figueiredo. O sedutor "viciado em poder"

Foi jovem militante comunista, de origem humilde. Chegou a referência no jornalismo económico – e amigo dos poderosos. Dançou entre a EDP e os media e saiu a mal da TVI. Criticado por ir desempenhar cargo nas Finanças, Sérgio Figueiredo anunciou ontem que desistia do lugar.

A revolta dos pequenos contra o gigante CTT
14 de agostoBruno Faria Lopes

A revolta dos pequenos contra o gigante CTT

A Vasp e a Iberomail têm uma ação de milhões contra o bloqueio dos CTT à sua rede de carteiros. A Premium Green Mail entregou uma denúncia ao regulador. Falam de práticas ilegais que matam a concorrência que a liberalização do setor promete há dez anos – e que não chegou.

Energia mais cara? Breve guia para se orientar no meio da polémica
02 de agostoBruno Faria Lopes

Energia mais cara? Breve guia para se orientar no meio da polémica

As afirmações do presidente da Endesa Portugal fizeram rebentar o tema dos preços da energia. Por entre a polémica há pistas: os preços para quem está no mercado livre vão subir, mas em tese menos do que se não houvesse o mecanismo de proteção.

Miguel Martín: o homem que vai gerir €280 mil milhões
02 de agostoBruno Faria Lopes

Miguel Martín: o homem que vai gerir €280 mil milhões

O gestor espanhol fã do Real de Madrid, que nasceu e cresceu em Portugal, deixou imagem de rigor por onde passou. Miguel Martín é diplomata no trato e muito discreto. Chega ao IGCP no início de um período delicado nos mercados.

Governo e firmas de advogados: a velha porta que não pára de girar
25 de julhoBruno Faria Lopes

Governo e firmas de advogados: a velha porta que não pára de girar

João Matos Fernandes vai para um escritório onde já há dois ex-governantes na área do Ambiente. Pedro Siza Vieira, que tutelava uma pasta relacionada com empresas, regressa às discretas arbitragens comerciais numa outra firma de topo.

1 euro = 1 dólar: as razões para a queda e o que se pode esperar
14 de julhoBruno Faria Lopes

1 euro = 1 dólar: as razões para a queda e o que se pode esperar

O euro vale o mesmo que o dólar pela primeira vez em duas décadas e a desvalorização pode não ficar por aqui. O risco maior de recessão na Europa, e a diferença na resposta dos bancos centrais, explicam a queda que ajuda as exportações - mas que penaliza os consumidores.

O choque nos hospitais que passaram de gestão privada para pública
04 de julhoBruno Faria Lopes

O choque nos hospitais que passaram de gestão privada para pública

Transição de gestão feita sem tempo, demoras de meses para contratar pessoas e comprar equipamentos, falta de diálogo. O contraste entre a gestão dos hospitais que eram PPP, de gestão privada, para EPE, gestão pública, ilustra os problemas na Saúde.

Ver mais
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana