Ricardo Salgado acusado de 65 crimes

Ricardo Salgado acusado de 65 crimes
Carlos Rodrigues Lima 14 de julho de 2020

DCIAP acusou 17 destes arguidos pelo crime de associação criminosa, que terá levado ao colapso do banco e do Grupo Espírito Santo.

Ricardo Salgado

Ricardo Salgado foi acusado pelo Ministério Público de 64 crimes, que vão desde associação criminosa, burla qualificada, infidelidade, branqueamento de capitais, entre outros. 

O Ministério Público acusou hoje 18 pessoas e sete empresas por vários crimes económico-financeiros e algumas das quais por associação criminosa, no processo BES/Universo Espírito Santo, em que a figura central é o ex-banqueiro Ricardo Salgado.

Segundo adianta uma nota da Procuradoria Geral da República (PGR), foi deduzida acusação por associação criminosa e por corrupção ativa e passiva no setor privado, de falsificação de documentos, de infidelidade, de manipulação de mercado, de branqueamento e de burla qualificada contra direitos patrimoniais de pessoas singulares e coletivas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais