Polémica. Adjunta de ministra da Justiça colocada no DCIAP

Polémica. Adjunta de ministra da Justiça colocada no DCIAP
António José Vilela 17 de junho de 2021

Procuradora que esteve no gabinete de Francisca Van Dunen foi escolhida para o órgão que está a investigar vários membros do Governo.

Chama-se Carolina Menéres Pimentel Berhan da Costa e tem 36 anos. É magistrada do Ministério Público (MP) de carreira, mas esteve desde 20 de fevereiro de 2020 a trabalhar como adjunta da ministra da Justiça, Francisca Van Dunen. Agora, foi escolhida para entrar no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), um órgão do MP que tem em curso vários inquéritos confidenciais que visam membros e assessores do governo por suspeitas da prática de crimes de corrupção e outra criminalidade economico-financeira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais