António José Vilela
António José Vilela Diretor-adjunto

Comecei como estagiário a 7 de setembro de 1992. Depois de quatro anos no ISCSP, no curso de Comunicação Social. Dou aulas desde 1998, já escrevi livros, fiz filhos e nunca irei plantar uma árvore. Tirei um mestrado em Ciência Política - não sei muito bem para quê - e ando a preparar a tese de doutoramento há uma eternidade. A SÁBADO é o meu caminho desde 2005.

Instantâneos ou quase (46)

Os professores universitários e os advogados exigem ser vacinados. Dizem que é uma questão de justiça por causa dos colegas do secundário, que os tribunais são locais perigosos e blá-blá-blá. Era bom que fossem empregados de supermercado só por um dia.

Instantâneos ou quase (43)

Recuperar conhecimentos não é atirar para o ano letivo seguinte, não é reduzir currículos. É criar reais momentos de recuperação e contratar professores para o efeito. Isto o Governo PS não faz, porque tem um ministro que nunca existiu.

Operação Marquês: as defesas dos arguidos
08 de abrilAntónio José Vilela

Operação Marquês: as defesas dos arguidos

José Sócrates e os restantes arguidos querem anular provas para deitar abaixo o mais importante processo da história da democracia. A SÁBADO fez um mapa dos principais argumentos. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Do Monte Branco ao alvo José Sócrates
08 de abrilAntónio José Vilela

Do Monte Branco ao alvo José Sócrates

A mudança na hierarquia da justiça coincidiu com o início formal do processo que visou Sócrates. Mas a investigação já estava há muito lançada. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Hélder Bataglia, o homem que entregou Ricardo Salgado
08 de abrilNuno Tiago Pinto

Hélder Bataglia, o homem que entregou Ricardo Salgado

As declarações do empresário foram decisivas para a acusação a José Sócrates e ao banqueiro. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Operação Marquês: O trajeto do dinheiro e a loja de Francisco Canas
07 de abrilAntónio José Vilela

Operação Marquês: O trajeto do dinheiro e a loja de Francisco Canas

Dois milhões de euros, pagos por Ricardo Salgado a José Sócrates, passaram pela loja de Zé das Medalhas. O esquema foi identificado no Monte Branco. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta
07 de abrilOctávio Lousada Oliveira

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta

Não tinha rendimentos além dos de primeiro-ministro mas dinheiro não lhe faltava: para gastos pessoais e também para distribuir pela família e amigas. O dinheiro vinha do testa-de-ferro Santos Silva. Leia as explicações que Sócrates deu ao juiz Ivo Rosa

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo
31 de marçoAntónio José Vilela

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo

Foram vendidos quatro prédios em Lisboa por cerca de 15 milhões de euros. Os compradores têm ligações a um circuito empresarial montado em Braga, na Zona Franca da Madeira e no Dubai. E com relações ao empresário Hernâni Vaz Antunes, familiares e sócios. Na mesma altura, duas dessas empresas venderam uma moradia a Alexandre Fonseca e dois apartamentos a amigas íntimas de Hernâni e de Armando Pereira.

Ver mais
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)