António José Vilela
António José Vilela Diretor-adjunto

Comecei como estagiário a 7 de setembro de 1992. Depois de quatro anos no ISCSP, no curso de Comunicação Social. Dou aulas desde 1998, já escrevi livros, fiz filhos e nunca irei plantar uma árvore. Tirei um mestrado em Ciência Política - não sei muito bem para quê - e ando a preparar a tese de doutoramento há uma eternidade. A SÁBADO é o meu caminho desde 2005.

Instantâneos ou quase (69)

Rui Rio provou que é um osso duro de roer e que não cairá facilmente. Já o disse antes, e mantenho-o, Rio será sempre um adversário feroz da liberdade de imprensa e da independência do Ministério Público. Se chegar ao poder será ainda mais.

Vice do FC Porto agrediu e ninguém viu
01 de dezembroAntónio José Vilela

Vice do FC Porto agrediu e ninguém viu

É o Ministério Público que o diz: o poder do FC Porto é tão grande que ninguém no camarote presidencial do estádio do Estoril viu a agressão ao presidente da Associação de Futebol de Lisboa.

Casa de Pinto da Costa alvo de buscas
22 de novembroCarlos Rodrigues Lima

Casa de Pinto da Costa alvo de buscas

Presidente do FC Porto é suspeito de ter ganhado 40 milhões de euros da SAD do FC Porto através de negócios de transferências de jogadores.

Instantâneos ou quase (67)

A reação da líder do PAN às notícias que a associam a empresas e agricultura intensiva lembrou-me a reação também tonta de uma assessora do PAN quando a SÁBADO entrevistou Inês Sousa Real. A assessora queixou-se por escrito do "tom da entrevista".

Instantâneos ou quase (66)

Imaginem isto: Costa provoca a crise em surdina. Sabe que BE e PCP ficam fragilizados perante o eleitorado. PSD e CDS estão como estão e nem é preciso manobrar nos bastidores. PS vai a votos rapidamente, ganha bem e faz um acordo com o PCP.

Pedro Pinho pagou 2,5 milhões de euros ao filho de Pinto da Costa
04 de novembroAntónio José Vilela

Pedro Pinho pagou 2,5 milhões de euros ao filho de Pinto da Costa

A transferência terá ocorrido após saber que ganharia 10 milhões de euros para abrir as portas a Bruno Macedo na negociação dos direitos televisivos do FC Porto. A SÁBADO revela os contratos confidenciais do milionário negócio dos intermediários com a Altice.

Instantâneos (ou quase) 65

Não percebo qual é o problema de eleições antecipadas. Dizem os profetas da desgraça que não vêm em boa hora porque a pandemia, porque a bazuca da massa, porque a estabilidade. A democracia é mais importante que decisões avulsas.

PJ faz buscas à casa de Margarida Martins e à Junta de Arroios
27 de outubroMarco Alves

PJ faz buscas à casa de Margarida Martins e à Junta de Arroios

PJ realiza buscas na Junta de Freguesia de Arroios e fez o mesmo na casa de Margarida Martins. Em causa, alegados crimes económico-financeiros e usufruto pessoal de bens públicos. SÁBADO tem vindo a fazer vários artigos sobre autarca do PS.

A SÁBADO é todos os dias
18 de outubroAntónio José Vilela

A SÁBADO é todos os dias

Fomos ver o que está a acontecer no Chega, um partido (ainda mais) em ebulição depois da decisão do Tribunal Constitucional que lhe invalidou os atos políticos. Temos o retrato dramático do emprego jovem, encontrámos a antiga assaltante de bancos que inspirou a nova série da SIC, vimos a Foundation e estivemos à conversa com o novo herói do futsal português.

Instantâneos ou quase (63)

Ainda alguém se lembra do plano de recuperação das aprendizagens? Ainda alguém se lembra que as escolas básicas estiveram fechadas largos meses? Ainda alguém se lembra da análise demolidora que foi feita ao ensino à distância? Pois.

Ver mais
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana