PCP aponta dedo "concepções próprias da Rússia czarista" de Putin

PCP aponta dedo 'concepções próprias da Rússia czarista' de Putin
Margarida Davim 24 de fevereiro

PCP apela a esforços de paz na Ucrânia. E lembra que a Rússia é hoje "um país capitalista" e que as afirmações de Putin "criticam decisões que, no quadro da União Soviética, resolveram a questão das nacionalidades reconhecendo os direitos dos povos e garantindo a paz por mais de 70 anos".

"Vale a pena perguntar a quem serve afinal de contas uma nova guerra na Europa", disse João Oliveira, no debate sobre a situação da Ucrânia esta quinta-feira na reunião da Comissão Permanente da Assembleia da República. Ao contrário de PS, BE e PVE, o PCP optou por não fazer um comunicado sobre os avanços das tropas russas em território ucraniano, preferindo explicar a sua visão sobre o conflito no Parlamento.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais