Casa de Salgado na Comporta: MP acusa ex-autarca de prevaricação

Casa de Salgado na Comporta: MP acusa ex-autarca de prevaricação
Carlos Rodrigues Lima 27 de março de 2019

Antigo presidente da Câmara de Grândola, Carlos Beato, e ex-vereador do urbanismo são suspeitos de terem facilitado construção da casa a 500 metros do mar

O Ministério Público de Setúbal vai avançar, nas próximas semanas, com uma acusação pelo crime de prevaricação contra o antigo presidente da Câmara de Grândola, Carlos Beato, e o ex-vereador do Urbanismo, Aníbal Cordeiro. Em causa está a autorização dada pela autarquia para que Ricardo Salgado, ex-presidente do Banco Espírito Santo, construísse uma casa de férias na Herdade da Comporta, a 500 metros do mar.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais