Presidente da Eritreia na Etiópia para a primeira visita em 22 anos

Lusa 14 de julho de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 17 a 23 de junho
As mais lidas

O novo primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, quebrou o gelo no mês passado ao aceitar totalmente um acordo de paz que pôs fim a um conflito fronteiriço e visitou a Eritreia no último fim de semana.

O presidente da Eritreia, Isaias Afwerki, chegou este sábado à Etiópia para a primeira visita em 22 anos e na sequência da recente deslocação histórica do primeiro-ministro etíope a Asmara.

Isaias Afwerki
Isaias Afwerki REUTERS/Tiksa Negeri

Milhares de pessoas deslocaram-se à capital da Etiópia, Adis Abeba, sob fortes medidas de segurança para receber o Presidente Isaias Afwerki, de 72 anos, cuja visita é o mais recente passo para pôr fim ao estado de guerra.

O novo primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, quebrou o gelo no mês passado ao aceitar totalmente um acordo de paz que pôs fim a um conflito fronteiriço e visitou a Eritreia no último fim de semana.

Alguns etíopes mais entusiastas compararam a restauração das relações com a queda do Muro de Berlim.

As ligações telefónicas foram abertas e os primeiros voos programados da Ethiopian Airlines para a Eritreia começam na quarta-feira.

A Etiópia e a Eritreia chegaram a acordo no início do mês para retomar relações diplomáticas e abrir as fronteiras, depois de décadas de hostilidades.

"Concordamos com a retomada do tráfego aéreo e marítimo, a movimentação de pessoas entre os dois países e a reabertura de embaixadas", declarou o primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, depois de conversações com o Presidente da Eritreia.

Os dois países romperam ligações diplomáticas no início de um conflito pelas fronteiras, que os opôs entre 1998 e 2000 e que fez cerca de 80 mil mortos.

As relações mantiveram-se tensas, depois de a Etiópia ter recusado ceder à Eritreia um território fronteiriço disputado entre os dois países, apesar de uma comissão internacional independente apoiada pelas Nações Unidas (ONU) ter decidido nesse sentido em 2002.

Antiga província etíope no Mar Vermelho, a Eritreia declarou independência em 1993, depois de expulsar as tropas etíopes dos seus territórios em 1991, pondo termo a três décadas de guerra.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Investigação
Opinião Ver mais