2022 registou o maior aumento do preço das casas em 30 anos

2022 registou o maior aumento do preço das casas em 30 anos
SÁBADO 24 de janeiro
As mais lidas

Dados da Confidencial Imobiliário registam uma subida de 18,7% no preço das casas em Portugal no ano passado. É preciso recuar a 1991 para encontrar um aumento maior.

O preço das casas não subia tanto desde 1991. No ano passado, o aumento foi de 18,7%, segundo o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário.

Há 30 anos que as casas não valorizavam tanto. Nessa época, a variação tinha sido de 18,8%. Em 2018 e 2019 (os dois anos antes da pandemia), os crescimentos dos preços tinham andado pelos 15%, refere o Jornal de Negócios. A trajetória de subida acentuada terá começado em 2017, quando houve uma valorização de 12,8% - mais do dobro dos 5,6% em 2016.

A pandemia trouxe um abrandamento: em 2020 a subida foi de 4,8% e, em 2021, aumentou para os 12,2%. O ano passado acelerou o aumento para 18,7%.

Leia mais no Jornal de Negócios.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais