Especial startups. Como Portugal conquistou a Web Summit

Especial startups. Como Portugal conquistou a Web Summit
Ana Taborda 19 de abril de 2016

Barcelona tinha tido problemas com a Internet, o aeroporto de Cannes era muito pequeno para tantas ligações e Paris era demasiado cara. Ganhou Lisboa

No fim de Abril, a primeira comitiva da empresa irlandesa aterrou em Lisboa para iniciar as negociações. No Ministério da Economia, ninguém sabia bem o que era a Web Summit. "A primeira coisa que tínhamos em cima da mesa era wi-fi gratuito e promessa de 50 mil euros", diz Leonardo Mathias, à época  2015  secretário de Estado da Economia. "Fiz uma pesquisa rápida e percebi imediatamente que a nossa oferta era descabida para a dimensão do evento. Entrei na reunião já decidido a não avançar com uma proposta e a perceber primeiro quais eram, da parte deles, os pontos críticos."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais