Marcelo diz que Tozé Martinho era "um dos atores portugueses mais ativos"

Lusa 16 de fevereiro de 2020
As mais lidas

O Presidente lembra que "desde 1977 Tozé Martinho era conhecido dos portugueses", quando se estreou no programa "A Visita da Cornélia", ao lado da mãe, a atriz Maria Teresa Ramalho.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recorda Tozé Martinho, que morreu hoje, aos 72 anos, como um "dos atores e guionistas portugueses mais ativos".

Marcelo Rebelo de Sousa, numa mensagem publicada no site oficial da Presidência, lembra que "desde 1977 Tozé Martinho era conhecido dos portugueses", quando se estreou no programa "A Visita da Cornélia", ao lado da mãe, a atriz e escritora Maria Teresa Ramalho (conhecida como Tareka).

O ator e argumentista Tozé Martinho (António José Bastos de Oliveira Martinho) morreu hoje, os 72 anos, no Hospital de Cascais, devido a uma paragem cardiorrespiratória, disse à Lusa fonte da família.

Em 1982, Tozé Martinho estreou-se como ator na primeira telenovela portuguesa, "Vila Faia".

O Presidente da República recorda que, "nas décadas seguintes, tornou-se num dos atores e guionistas portugueses mais ativos, em novelas da RTP e da TVI, além de séries, telefilmes e algum cinema".

"Durante todos esses anos esteve presente no nosso imaginário pelos recorrentes papéis de personagens empáticas, decentes, confiáveis", refere Marcelo Rebelo de Sousa, terminando a mensagem apresentada à família do ator e argumentista os seus "sentidos pêsames".
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais