Céline Abecassis-Moedas: "Quem quiser pensar que eu sou apenas a mulher de Carlos Moedas, que pense"

Céline Abecassis-Moedas: 'Quem quiser pensar que eu sou apenas a mulher de Carlos Moedas, que pense'
SÁBADO 18 de novembro
As mais lidas

Senhora de uma carreira em nome próprio na Universidade e no mundo dos Negócios, Céline Abecassis-Moedas nunca será apenas a mulher do recém-eleito Presidente da Câmara Municipal de Lisboa. O combate às dificuldades que as mulheres ainda conhecem no trabalho e na família é o legado que quer passar aos alunos e aos seus três filhos.

É uma parisiense a quem a luz de Lisboa arrebatou. Céline Abecassis-Moedas, professora associada da Católica Lisbon School Business & Economics, administradora não executiva da CUF e Vista Alegre Atlantis, mãe de três filhos, casada com Carlos Moedas, o recém-eleito presidente da Câmara Municipal de Lisboa, tem muito clara a consciência de que ninguém há-de perguntar ao marido como concilia a vida familiar com as exigências profissionais. E, no entanto, espera a todo o momento que lhe dirijam essa mesma pergunta. Mas não será nesta entrevista à Máxima. Do que aqui se fala é, entre outras coisas, de diferentes expetativas da sociedade e das famílias face a homens e mulheres. Num mundo laboral "ainda desenhado pelos homens e para os homens", como diz, apesar de todos os avanços das últimas décadas, Céline Abecassis-Moedas não abdica do percurso em nome próprio e procura transmitir a importância dessa mensagem quer aos filhos, quer aos alunos. 

Ricardo Lamego
Leia toda a entrevista na Máxima
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais