Tendência

Cemitérios: vendem-se jazigos no OLX e Facebook

Cemitérios: vendem-se jazigos no OLX e Facebook
Raquel Lito 19 de novembro

Há várias opções nas redes sociais: podem ser de mármore, com ou sem altar e renovados. Vão dos €35 mil até aos €105 mil, consoante o estado de conservação. A dona de um deles explica à SÁBADO porque o pôs à venda.

As vendas online chegam às moradas fúnebres, pequenas, algumas a preços de apartamentos. São os jazigos familiares, com cripta, a nova categoria de imóveis anunciados nas redes sociais. Numa rápida busca aos grupos fechados de classificados do Facebook, surgem anúncios no cemitério no Alto de São João, em Lisboa: começam nos €35 mil no Marketplace, até aos €50 mil no Vende-se Tudo... Tudo é mesmo Tudo. O negócio atravessa mais grupos da mesma rede social, nomeadamente de mães, quando uma delas questiona: "Alguém sabe de alguém que queira comprar um jazigo no cemitério de Benfica?". 

O portal de classificados OLX também conta com várias publicações para o efeito, por exemplo num anúncio destacado a €105 mil. O jazigo com altar fica no cemitério de Benfica, em Lisboa, e foi construído em 1938 pelo trisavô de Maria. "Nunca imaginei tratar de uma situação destas. O valor é negociável, temos recebido imensas solicitações", diz a própria à SÁBADO.

Gerações atuais querem ser cremadas 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais