Silva Carvalho relata pressões no caso Freeport

No livro "Ao Serviço de Portugal", o antigo director do Serviço de Informações Estratégicas e Defesa relata um recado que lhe foi transmitido por Júlio Pereira, actual juiz conselheiro no Supremo Tribunal de Justiça.

O MP e a Polícia Judiciária de Setúbal (PJ) investigavam em 2009 o caso Freeport, resultado de uma denúncia anónima com anos que apontava para suspeitas de corrupção no licenciamento de um centro comercial em Alcochete. O intrincado caso acabou por chegar de novo a José Sócrates, o antigo ministro do Ambiente que lidara com o licenciamento e então primeiro-ministro. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais