PSD: Listas de Aveiro podem ser impugnadas em tribunal

PSD: Listas de Aveiro podem ser impugnadas em tribunal
Margarida Davim 29 de abril de 2021

Concelhia do PSD de Aveiro considera que Salvador Malheiro violou os estatutos ao avocar a feitura das listas. Malheiro diz à SÁBADO estar a "tentar mediar relação" entre candidato e estrutura local. Ribau Esteves assegura "absoluta tranquilidade" no processo.

O PSD Aveiro está a preparar uma queixa ao Conselho de Jurisdição Nacional (CJN) e admite recorrer aos tribunais para impugnar as listas à Câmara e à Assembleia Municipal de Aveiro, depois de o processo ter sido avocado pelo líder da distrital, Salvador Malheiro. No limite, o partido pode não ter condições para apresentar candidatura na cidade. 

"Muito mal estaria o partido se não houvesse respeito pelas bases, pelos estatutos e pela lei. Muito mal estaríamos se nos vergássemos perante prepotência desajustada. Donald Trump também pensava que estava acima da lei", lê-se na declaração de voto do vogal da distrital e vice-presidente da concelhia de Aveiro, Paulo Anes, a que a SÁBADO teve acesso.

"Sobre estes assuntos e porque a razão jurídica e política está do nosso lado prosseguiremos para o órgão competente do partido e lançaremos medidas cautelares juntos das competentes instâncias judiciais", avisou Anes na reunião da Comissão Política Distrital (CPD) de Aveiro, que teve lugar a 26 de abril.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais