Lisboa: Gestão de Moedas “não pode ser oito ou oitenta”

Lisboa: Gestão de Moedas “não pode ser oito ou oitenta”
Margarida Davim 08 de outubro

Carlos Moedas toma posse no dia 18 de outubro. Ainda não distribuiu pelouros, mas no PSD Lisboa já se afina uma estratégia para uma governação em minoria. Luís Newton garante à SÁBADO que a receita passa pelo diálogo.

Quando Carlos Moedas se sentar no seu novo gabinete nos Paços do Concelho, no dia 18 de outubro, estará a começar um novo ciclo em Lisboa, que não se afigura fácil para o presidente da Câmara de Lisboa. Sem maioria nem na vereação nem na Assembleia Municipal de Lisboa (AML), será obrigado a uma negociação constante, mas no PSD Lisboa rejeita-se o discurso de vitimização e ensaiam-se estratégias para o que aí vem.
Logo nesse dia, há a expectativa sobre como irá a maioria de esquerda limitar ou não as competências do novo presidente.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais