Isabel, a mãe que deixou o bebé uma hora à chuva

Isabel, a mãe que deixou o bebé uma hora à chuva
Lucília Galha 13 de maio de 2020

Denúncia recebida pela PSP foi feita pelo próprio pai da criança. Não foi a primeira vez que saiu de casa alcoolizada, depois de uma briga com o companheiro. O bebé foi assistido na Hospital da Estefânia, mas já teve alta.


A mulher de 41 anos que foi detida na madrugada desta segunda-feira, 11 de maio, por exposição e abandono de um menor, chama-se Isabel L., e estava, na altura, alcoolizada com mais de 1 grama de álcool no sangue. A SÁBADO sabe também que ela não trabalha, é doméstica, e que esta não terá sido a primeira vez que tem este comportamento: beber e sair para a rua, depois de uma discussão com o companheiro.

Quem fez a denúncia de que ela estaria à chuva com o bebé foi o próprio pai da criança, no domingo, já perto da meia-noite. Quando foi encontrada pela polícia, a mulher estava a cerca de seis minutos a pé de sua casa, na rua da Bica do Sapato, em Lisboa. "Poderá ser uma família disfuncional, já que o próprio pai terá dito aos agentes que não tem a certeza se o filho é dele. Embora tenha o seu nome", diz fonte da PSP à SÁBADO.

O carro patrulha, que chegou ao local por volta da meia-noite, encontrou a mulher com o filho, um bebé do sexo masculino – que ainda nem tem dois meses (terá nascido a 20 de março) –, dentro de um ovo e completamente despido, só tapado com uma manta. Estava gelado e a chorar compulsivamente. A mulher estaria ali, à chuva, há cerca de uma hora.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais