"Há pelo menos seis mil pessoas sem condições de habitabilidade", revela autarca de Odemira

CM 03 de maio
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 6 a 12 de maio
As mais lidas

Presidente da Câmara revela negócio paralelo de alojamento e classifica-o como "escandaloso". A situação é "preocupante", considera José Alberto Guerreiro.

O presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro, revelou que "há pelo menos seis mil pessoas sem condições de habitabilidade" no concelho. 

Odemira
Odemira
Odemira
Odemira
Odemira
Odemira
Odemira
Odemira
José Guerreiro revelou aos jornalistas que "o arrendamento é escandalosamente abusivo", que há "contratos de arrendamento, outros nem por isso" e que estes contratos rondam as centenas de euros, havendo alguns que ultrapassam as centenas. 

O autarca classifica a situação como preocupante e sublinha que a autarquia "não tem qualquer licenciamento nesta matéria".

José Guerreiro apresentou uma denúncia na Polícia Judiciária (PJ) sobre situações que considerou suspeitas, que estão na base da existência de "muitos trabalhadores migrantes" no concelho.

Existe "um problema que ultrapassa aquilo que é a atividade agrícola, mas, a coberto dela, o facto de haver muitos trabalhadores migrantes e uma intensa atividade agrícola", afirmou o autarca alentejano.

Segundo o presidente do município, existem estabelecimentos comerciais em Odemira que "têm um conjunto de empregados que não é justificado pelo espaço", nomeadamente "supermercados com 200 metros quadrados" de área e que "têm 30 ou 40 trabalhadores".

"Há espaços de venda ao público de bebidas que têm dez vezes mais empregados do que é normal", mas também existem "outras questões muito estranhas", em que "muitos dos negócios são em dinheiro", disse.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais