SEF tem 32 inquéritos por tráfico de pessoas no Alentejo. Seis deles em Odemira

Só no mês de março, o SEF instaurou 15 inquéritos contra 17 entidades patronais e seus titulares, pela prática de indícios dos crimes de auxilio à imigração ilegal e falsificação de documentos.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem 32 inquéritos-crime a decorrer em diversas comarcas do Alentejo pelos crimes de tráfico de pessoas, auxílio à imigração ilegal e angariação de mão-de-obra ilegal. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais