Covid-19: Tudo o que tem de saber sobre a vacinação de recuperados

Covid-19: Tudo o que tem de saber sobre a vacinação de recuperados
Diogo Camilo 07 de maio

Vacinação daqueles que estiveram infetados há mais de seis meses começa quando estiverem vacinados os maiores de 60 anos. Ministério da Saúde não sabe quantas pessoas estão nesta fase, mas estarão aptas 65 mil pessoas com mais de 60 anos que foram infetadas até novembro de 2020. Vacina da Johnson é de fase única, mas também será administrada a recuperados que só recebem uma dose.

As pessoas recuperadas da covid-19 há mais de seis meses vão passar a integrar a segunda fase de vacinação, que começou em abril, e começarão a ser inoculadas a partir do fim de maio, quando terminar a vacinação de maiores de 60 anos. Seis meses antes dessa data, Portugal registava quase 300 mil casos, pessoas que vão estar aptas para receber uma dose da vacina a partir de junho. Mas como é que esta vacinação vai funcionar? Pessoas que já estiveram infetadas vão passar à frente na fila de quem nunca esteve exposto ao vírus? 


Como vai funcionar a vacinação de recuperados?

A decisão foi anunciada a 21 de abril, numa conferência de imprensa conjunta entre Ministério da Saúde, Infarmed e task-force da vacinação contra a covid-19, onde também esteve presente Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, que apontou que a vacinação acontecerá com apenas uma dose pois os recuperados já têm algum tipo de imunidade natural.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais