Câmara de Lisboa. Medina renuncia a cargo de vereador

Câmara de Lisboa. Medina renuncia a cargo de vereador
SÁBADO 12 de outubro
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 1 a 7 de dezembro
As mais lidas

Fernando Medina entende que a sua saída reduz "o nível de pessoalização do debate" e diz que o seu objetivo é "facilitar a vida" a Carlos Moedas.

Fernando Medina não vai aceitar o cargo de vereador na Câmara Municipal de Lisboa. A decisão ficou conhecida esta terça-feira, através de uma carta enviada à Assembleia Municipal. Segundo o jornal Expresso, o autarca derrotado nas últimas eleições autárquicas quer facilitar o trabalho a Carlos Moedas, que assume a liderança da capital no final deste mês. 

"Ao contrário do Governo, onde só fazem parte do executivo membros nomeados pelo primeiro-ministro, a oposição nas autarquias integra o executivo", explicou Medina, acrescentando que a sua saída reduz "facilita a vida aos futuros órgãos da autarquia, reduzindo o nível de pessoalização do debate".

O socialista liderou a Câmara Municipal de Lisboa durante seis anos e entende que esta será "a solução que melhor serve os interesses da cidade, o funcionamento das reuniões do executivo da autarquia e a capacidade de a oposição camarária se concentrar no futuro e não no passado".

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais