Boys socialistas a caminho do Parlamento

Boys socialistas a caminho do Parlamento
Alexandre R. Malhado 11 de outubro de 2019

Foram eleitos 12 novos sub-30. Há membros de gabinetes e das jotas e protegidos do líder.

Quase todos os recém-eleitos do PS mais jovens são da Juventude Socialista (JS) e trabalham em gabinetes ministeriais, como é o caso do líder da distrital da JS de Setúbal, Filipe Pacheco (30 anos), que também é adjunto do secretário de Estado Adjunto e da Modernização desde fevereiro de 2019. Também o secretário-geral adjunto da JS, Tiago Estêvão Martins (30 anos), é técnico do Ministério da Ciência desde 2015. Ambos ganham 3.575,46 euros brutos mensais. E não são os únicos jovens socialistas que foram de ministérios para a Assembleia da República.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais