Autárquicas: Acordo PSD/CDS faz baixa em Marco de Canaveses

Autárquicas: Acordo PSD/CDS faz baixa em Marco de Canaveses
Margarida Davim 03 de março de 2021
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 20 a 26 de janeiro
As mais lidas

Líder da concelhia de Marco de Canaveses do CDS apresentou a demissão está contra a estratégia autárquica de Francisco Rodrigues dos Santos.

Carlos Pinheiro, líder da concelhia de Marco de Canaveses do CDS; demitiu-se em rutura com acordo que prevê coligações com PSD nas autárquicas.

Lusa
"É completamente intolerável lidar, compactuar ou ceder com posturas destas", escreve Carlos Pinheiro para anunciar a demissão, num comunicado em que arrasa a estratégia autárquica de Francisco Rodrigues dos Santos e se diz alvo de pressões.

Carlos Pinheiro diz que "surgiu uma vergonhosa força no interior do CDS-PP Marco de Canaveses, com intuitos, infelizmente, mais do que partidários e maioritariamente assentes em jogos de bastidores, de poder, de estatuto e posicionamento pessoal" e anuncia sair por estar "decidido a não ser coagido por este tipo de pressão".

Na carta em que anuncia a demissão, recorda que "em 46 anos de existência do CDS-PP, com excepção feita em 1976, altura da Aliança Democrática a nível nacional, nunca existiu no Marco de Canaveses coligação do CDS-PP com qualquer outro partido". E ataca a estratégia do líder do partido para as autárquicas.

O centrista acusa mesmo Francisco Rodrigues dos Santos de ter "numa tentativa de salvação, mais pessoal do que do partido em si" definido "uma estratégia absurda de coligações ou geringonças para as eleições autárquicas, com o Partido Social Democrata, da qual sai amplamente protegido num acordo muito questionável, que apenas beneficia o próprio PSD e determinados elementos do CDS-PP, hipotecando assim o futuro do nosso partido".

"Estas directrizes chegaram evidentemente às Comissões Concelhias do partido, e o concelho de Marco de Canaveses não foi exceção", nota, revelando ter recusado aceitá-las.

"Alinhando-me com a forma de proceder atrás descrita, estaria, enquanto Presidente do CDS-PP Marco de Canaveses, não só a desvirtuar os princípios basilares da própria existência do partido, mas até mesmo alguns dos princípios mais elementares da nossa Democracia e de qualquer ser humano", escreve.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais