EXCLUSIVO. A escuta que envolve o juiz Ivo Rosa

Um arguido detido num processo de tráfico de droga foi apanhado numa conversa telefónica a dar instruções à namorada sobre como fazer chegar dinheiro ao magistrado judicial. À SÁBADO, Ivo Rosa nega ter recebido qualquer quantia e garante: “Não percebo qual é o objetivo disto”.

Há quase três anos que as Brigadas de Investigação Criminal da Polícia de Segurança Pública (PSP) acompanhavam, a par e passo, a atividade de um grupo de traficantes que abastecia de haxixe uma parte da região de Lisboa. Os agentes acumularam horas de vigilância e de escutas telefónicas. Identificaram suspeitos e as suas ligações. Faltava-lhes o flagrante delito, uma oportunidade que surgiu de surpresa, a 15 de outubro de 2020.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais