Universidade de Oxford suspende ensaio pediátrico da vacina da AstraZeneca

Universidade de Oxford suspende ensaio pediátrico da vacina da AstraZeneca
Diogo Camilo 06 de abril
As mais lidas

Estudo com 300 voluntários entre os 6 e os 17 anos foi interrompido por falta de informações do regulador britânico sobre uma relação entre a vacina e a formação de tromboembolismos em adultos.

A Universidade de Oxford interrompeu esta terça-feira os ensaios clínicos da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 em jovens e adolescentes enquanto espera por mais informações do regulador do Reino Unido sobre uma relação entre a vacina e a formação de tromboembolismos em adultos.

Vacina AstraZeneca
Vacina AstraZeneca Reuters
Segundo o Wall Street Journal, a universidade está à espera de mais informações da Agência de Medicamentos britânica (MHRA), antes de administrar mais doses de vacinas a crianças e adolescentes num ensaio clínico pediátrico, iniciado em fevereiro, onde estão 300 voluntários e que passa por avaliar a resposta imunitária em crianças entre os 6 e os 17 anos. 

À BBC, o diretor do Oxford Vaccine Group, que desenvolveu a vacina com a AstraZeneca, Andrew Pollard, disse que não havia preocupações de segurança com os testes, mas era necessário aguardar por mais informações por parte da MHRA.

A Agência Europeia do Medicamento está também a analisar relatórios sobre uma ligação entre uma forma rara de coágulos sanguíneos no cérebro, conhecida como trombose venosa cerebral (CVST), em pessoas vacinadas, e deverá anunciar os resultados esta quarta ou quinta-feira.

Até ao momento já foram registados 30 casos de tromboembolismos no Reino Unido, que resultaram em sete mortes.

Por enquanto, o Governo britânico garante que a vacina é "segura, eficaz e já salvou milhares de vidas" no Reino Unido, tendo o primeiro-ministro, Boris Johnson, reiterado hoje o seu apoio ao fármaco desenvolvido por investigadores da Universidade de Oxford.

"O que as pessoas deveriam fazer é olhar para o que a MHRA diz, o nosso regulador independente. É por isso que os temos, é por isso que eles são independentes. O conselho que eles dão às pessoas é: continuem a ir, receba a sua vacina, receba a segunda vacina", disse, durante uma visita à fábrica da AstraZeneca em Macclesfield, no norte de Inglaterra.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais