EUA: Cesar Sayoc incorre em pena de prisão de 58 anos

C.A.C. 26 de outubro de 2018

Detenção do suspeito tornou-se possível devido às impressões digitais encontradas num dos pacotes enviados nos últimos dias a várias figuras do Partido Democrata.

O procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, revelou que o suspeito detido esta sexta-feira no âmbito da investigação aos pacotes suspeitos endereçados esta semana a várias personalidades democratas nos EUA foi acusado de cinco crimes federais.

Identificado como Cesar Sayoc, o homem de 56 anos que terá antecedentes criminais está acusado de transportes de explosivos, envio ilegal de explosivos, ameaças a ex-presidentes e outras pessoas, ameaça contra os meios de comunicação federais e ataques a agentes federais. Caso seja condenado, o suspeito pode ter uma pena até 58 anos de prisão.

Segundo o FBI, a detenção do suspeito tornou-se possível devido às impressões digitais encontradas no pacote enviado à congressista Maxine Waters. Sessions explicou que as equipas de investigação "utilizaram técnicas extraordinárias" para encontrar o responsável.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais