Morreu Constança Braddell, aos 24 anos. Tinha fibrose quística

CM 12 de julho
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 28 de outubro a 3 de novembro
As mais lidas

Jovem sofria de fibrose quística e estava internada nos cuidados intensivos há mais de duas semanas.

Constança Braddell, a jovem que sofria de fibrose quística e emocionou Portugal, morreu este domingo aos 24 anos, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Constança Braddell
Constança Braddell
A estudante estava internada nos cuidados intensivos há mais de duas semanas, com "um prognóstico muito incerto e extremamente reservado”, devido a um pneumotórax, colapso total ou parcial do pulmão que é frequente nos doentes com fibrose quística.

A notícia da morte da jovem foi confirmada nas redes sociais pela famíla.

Leia a mensagem da família de Constança:

"É com grande tristeza que hoje, dia 11 de julho pouco depois das 14h, a nossa querida Constança nos deixou.

A Constança viveu constantemente a sua vida com um admirável positivismo e entrega. Nunca tomou nada por garantido, apreciando cada momento da sua vida como se fosse o seu último.

Obrigada a todos os que se juntaram recentemente para ajudá-la a celebrar a Vida - é graças a todos e cada um de vós que ela viveu os mais extraordinários últimos meses da sua vida feliz e esperançosa.

Aos amigos que enriqueceram em tanto a vida da Constança, um obrigada do fundo do coração. Que a Luz dela nunca vos abandone.. seguimos juntos!

Um obrigado muito especial à incrível equipa médica que tomou conta da Constança ao longo da sua vida.

A Constança mostrou ao mundo o significado de "Acreditar" e tornou-se numa inspiração para todos nós. Ela será e permanecerá sempre uma fonte de inspiração.

Aquela com o sorriso mais contagioso, que radiava energia e uma força de espírito inigualável.

Constança Braddell tu és, e serás para sempre, a nossa maior guerreira. Nós amamos-te."

View this post on Instagram

A post shared by Constança Braddell (@cbraddell)



Constança Braddell ficou conhecida pelos portugueses em março deste ano, após denunciar a sua luta contra a fibrose quística (doença rara e incurável) e fazer um apelo desesperado para que fosse tratada com o medicamento experimental Kaftrio.

O apelo da jovem surtiu efeito e Constança estava há cerca de três meses a fazer o tratamento com o remédio, devido a uma autorização especial.

A irmã da jovem, Vera Salvador Marques, tinha confirmado ao CM esta semana um "agravamento do quadro clínico" da jovem, devido ao pneumotórax. Na altura aproveitou para agradecer o carinho e apoio de todos os portugueses durante toda a luta de Constança contra a doença.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais