Marisa Liz conta como foi vítima de assédio sexual

A cantora e outras 16 outras mulheres relatam à SÁBADO na primeira pessoa os episódios por que passaram. Em alguns casos, foram obrigadas a mudar de carreira ou de comportamento.

"Durante anos, quando era mais nova, fingia falar ao telemóvel quando andava sozinha à noite. Saía do comboio e ia dizendo: 'Estou quase a chegar.' Desde cedo sente-se essa insegurança, esse medo. Todas as mulheres o sentem. Tive uma situação muito estranha quando cantava no bar Templários. Ia lá um senhor que não falava com ninguém e ficava a olhar para mim. Um dia, quando tinha acabado de cantar, ele disse-me: 'Tu gostas de mim, mas ainda não sabes.' Eu fiquei em choque e não dei seguimento. Outra vez, esse mesmo homem, quando acabei de cantar pediu para falar comigo e deu-me uma cassete com umas músicas. Nessa noite tinha uma rosa no carro. Comecei a avisar a malta: 'Passa-se aqui algo estranho.'

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais