O aniversário mais triste de Isabel II

O aniversário mais triste de Isabel II
Sónia Bento 21 de abril

De luto, a rainha de Inglaterra faz 95 anos. Sem comemorações nem privadas nem públicas, só aparecerá em público a 11 de maio.

Mais triste e sozinha, Isabel II completa 95 anos, esta quarta-feira, dia 21, numa celebração amarga, quatro dias depois do funeral do marido, Filipe de Edimburgo, com quem esteve casada 73 anos. Neste contexto, o aniversário redondo da rainha de Inglaterra passará praticamente despercebido. Em luto oficial até sexta-feira, almoçou com um pequeno grupo de familiares, no Castelo de Windsor, cujos detalhes são privados, segundo a imprensa britânica. Para assinalar a data, o Palácio de Buckingham publicou no Instagram uma foto de arquivo da rainha sorridente, vestida com um conjunto cor de vinho.

Sem retrato oficial nem tiros
Pouco depois, publicou uma mensagem de agradecimento da monarca. "Hoje, por ocasião do meu 95.º aniversário, recebo muitas mensagens de votos de boa sorte, que muito aprecio. Como família, vivemos um período de grande tristeza e tem sido um conforto para todos nós ver e ouvir as homenagens prestadas ao meu marido, tanto no Reino Unido, quanto na Commonwealth e em todo o mundo. A minha família e eu gostaríamos de agradecer a todos pelo apoio e gentileza demonstrados por nós nos últimos dias. Ficámos profundamente tocados e continuamos a lembrar que Filipe teve um impacto extraordinário em inúmeras pessoas ao longo de sua vida", lê-se.


Há duas tradições deste dia 21 de abril que foram canceladas. Desta vez não haverá retrato oficial de Isabel II e pelo segundo ano consecutivo não se dispararão salvas de tiros em sua honra em Hyde Park e na Torre de Londres. No ano passado, também não houve porque a rainha e o duque de Edimburgo estavam confinados no Castelo de Windsor por causa da pandemia. Ali o casal degustou o bolo de chocolate, que a monarca não dispensa no seu aniversário. De acordo com o Daily Mail, as comemorações deste ano limitam-se a simples homenagens nas redes sociais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui