Rio defende que se acordos são bons para Portugal “são bons para o PSD”

Lusa 18 de abril de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 13 a 19 de janeiro
As mais lidas

O líder do PSD fez questão de salientar que estes entendimentos foram assinados exactamente dois meses depois de ter sido empossado como presidente dos sociais-democratas.

O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta quarta-feira que os acordos assinados sobre fundos europeus e descentralização com o Governo são "bons para Portugal e, logo, são bons para o PSD".

Ao lado do primeiro-ministro, António Costa, em São Bento, pouco depois de terem sido formalizados os dois acordos, Rio fez questão de salientar que estes entendimentos foram assinados exactamente dois meses depois de ter sido empossado como presidente dos sociais-democratas.

"Para mim, pessoalmente, no dia em que faz dois meses em que tomei posse como presidente do PSD, posso fazer um balanço positivo por, ao fim de 60 dias, ter já estes dois acordos assinados com o governo", afirmou.

Questionado se este acordo não pode fazer com que o PSD seja visto como "uma muleta do Governo", como defendeu hoje o antigo dirigente Luís Montenegro, Rio reiterou que discorda dessa leitura.

"Se isto é bom para Portugal, automaticamente tem de ser bom para o PSD. Quando se pensa o contrário, está-se a pensar mal: quer estejamos no governo, quer na oposição o nosso foco tem de ser Portugal e eu estou contente por Portugal ter ganho", disse.

Questionados sobre a razão de a assinatura dos acordos ter sido feita sem a presença da comunicação social, Rio justificou-a com o 'décor', uma vez que nem sequer há uma mesa na sala onde foram feitas as declarações. Em seguida, o primeiro-ministro, António Costa, tomou a iniciativa de dar um 'passou-bem' ao líder do PSD para que ficasse registado o cumprimento.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais