PSP detém três pessoas em festa na rua em Sintra

Lusa 07 de abril de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas

Jovens com entre os 20 e os 26 anos de idade estavam a consumir bebidas alcoólicas. Três pessoas foram detidas.

Três pessoas foram detidas no domingo no Cacém, no concelho de Sintra, pelo crime de desobediência às medidas impostas pelo estado de emergência, decretado devido ao surto da covid-19, divulgou hoje a PSP.

PSP costas
PSP xxx
PSP costas
PSP costas
PSP xxx
PSP costas

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) refere que os detidos são dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 20 e os 26 anos.

"Pelas 19:00, os polícias depararam-se com uma festa na via pública, com cerca de 30 jovens em ajuntamento, em situação de desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário e a consumir bebidas alcoólicas, tendo sido possível identificar e notificar cinco deles para que se deslocassem para o seu domicílio", explica a PSP.

Contudo, acrescenta a nota, horas mais tarde, "os mesmos polícias foram novamente acionados para uma ocorrência, da mesma índole e com o mesmo grupo de jovens, mas noutra localização".

"Com a chegada da PSP os jovens lograram fuga, tendo sido possível intercetar um dos mesmos, que já tinha sido notificado na festa das 19:00, pelo que foi detido por desobediência ao abrigo do previsto no estado de emergência", apontam.

A PSP viria a deparar-se, na mesma noite, com "outra festa a decorrer na via pública", na qual foi possível deter outro dos suspeitos que tinha participado nos ajuntamentos anteriores.

"Os polícias verificaram que se tratava do mesmo grupo de jovens das duas situações anteriores, sendo que desta vez, para além de se colocarem em fuga, ainda arremessaram pedras da calçada contra os polícias, sendo possível intercetar e deter outro suspeito por tentativa de agressão aos polícias", adianta a PSP.

A terceira detenção aconteceu na madrugada de segunda-feira, quando a PSP foi chamada devido a queixas de ruído na via pública.

"Nesta terceira ocorrência, procedeu-se à detenção de uma mulher pelo crime de desobediência, uma vez que a mesma, para além de ter sido notificada na primeira festa às 19:00 do dia anterior, também se encontrava na segunda ocorrência referente ao apedrejamento dos polícias", conclui a nota.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 345 mortes, mais 34 do que na véspera (+10,9%), e 12.442 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 712 em relação a segunda-feira (+6%).

Dos infetados, 1.180 estão internados, 271 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 184 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 75 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 290 mil são considerados curados.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais