"O Partido Socialista tem de começar a preparar os próximos dez anos"

'O Partido Socialista tem de começar a preparar os próximos dez anos'
Diogo Barreto 26 de maio de 2018

O líder da Juventude Socialista vai ao Congresso falar sobre precariedade, ensino e sobre um tema "com mais visibilidade": a prostituição. Em entrevista fala ainda sobre o que é preciso fazer no futuro.

Ivan Gonçalves lidera a Juventude Socialista, uma "jota" que diz ser mais livre relativamente ao partido principal do que qualquer outra em Portugal. É por isso que por vezes estão desalinhados com o "superior". E é nessa condição de filho desalinhado que Ivan propôs três moções sectoriais a serem debatidas no 22º Congresso Socialista deste fim-de-semana.

Entre as moções apresentadas estão a regulamentarização da prostituição - "que tem sido deixada para trás" -, o ensino superior e a ciência - "área onde o Governo ainda tem muito que trabalhar" - e ainda a precariedade laboral - as 35 horas generalizadas são o futuro?

Ivan Gonçalves vai estar no Congresso e apresentar estas moções. Antes, deu uma entrevista à SÁBADO de antecipação e balanço.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais