Fim ao Fóssil: diretores de escolas solidários com jovens em protesto

Fim ao Fóssil: diretores de escolas solidários com jovens em protesto
Márcia Sobral 07 de novembro

Alunos exigem o fim da utilização de combustíveis fósseis e propõem ocupar as escolas até serem ouvidos. Diretores consideram que o projeto é "demasiado ambicioso".

São jovens, a maioria encontra-se a estudar no ensino obrigatório ou na faculdade, e "exigem ações". Dizem-se cansados de esperar por quem tem "falhado sistematicamente" e querem passar das palavras aos atos. O que exigem é simples: o fim do recurso a combustíveis fósseis, como o petróleo e o gás, até 2030.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais