Costa: PSD “não conta rigorosamente nada para a vida do país”

Costa: PSD “não conta rigorosamente nada para a vida do país”
Leonor Riso 27 de janeiro de 2017

O primeiro-ministro criticou o partido pela sua posição quanto à TSU, garantindo que "nem a concertação foi minada, nem a maioria saiu fragilizada" com o chumbo

O debate quinzenal desta sexta-feira foi aberto pelo PS, e o primeiro deputado a tomar a palavra foi Paulo Trigo Pereira. O deputado manifestou o seu contentamento pelos resultados da execução orçamental, indicando que o défice de 2016 (que as Finanças consideram que ficará abaixo dos 2,3%) deverá ser o mais baixo desde o 25 de Abril. "É um défice conseguido com justiça social", considerou o deputado. "Certamente que os partidos à direita tentarão desvalorizar o défice, mencionando a dívida pública."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais