União Europeia prepara-se para processar AstraZeneca

Países-membros concordam com ação legal. Farmacêutica não vai cumprir acordo de entrega de vacinas que tinha com a Comissão Europeia.


A União Europeia está a preparar-se para processar a empresa farmacêutica AstraZeneca devido aos cortes de fornecimento de vacinas contra a covid-19 ao bloco, avançam a agência Reuters e o site Politico.

John Thys/Pool via REUTERS
A tomada de posição pode marcar mais um passo nos planos comunitários para cortar relações com a empresa anglo-sueca. Bruxelas manifestou várias vezes revolta face aos cortes às encomendas de vacinas, o que causou atrasos no programa de vacinação na União Europeia.

De acordo com as duas fontes, vários Estados-membros foram contactados e são a favor de que a AstraZeneca seja processada.

Até junho, a AstraZeneca espera entregar 300 milhões de doses da sua vacina. Contudo, em março revelou que só conseguiria entregar um terço dessa quantidade. Nesse mês, a União Europeia enviou uma carta à empresa, um primeiro passo para uma ação legal.

Ursula von der Leyen demonstrou o seu desapontamento com a empresa na mesma altura. "Infelizmente a AstraZeneca produziu e entregou menos que o esperado. E dolorosamente, claro, reduziu a velocidade da campanha de vacinação", afirmou.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais