Novo Banco vendeu sucursal em Espanha sem avaliar a operação

Novo Banco vendeu sucursal em Espanha sem avaliar a operação
Diogo Barreto 06 de julho
As mais lidas

Deloitte aponta falhas na operação do Novo Banco na mais recente auditoria especial ao banco (que foi determinada pelo Governo).

O Novo Banco vendeu a sua sucursal em Espanha sem fazer uma avaliação inicial do negócio que queria vender e sem efetuar todos os procedimentos de análise de conflitos de interesse. De acordo com o jornal Público, a venda desta sucursal está na origem de um diferendo de milhões com o Fundo de Resolução.

A falta de avaliação foi identificada no  relatório da mais recente auditoria especial feita pela Deloitte ao Novo Banco e divulgada esta terça-feira. 

Esta terceira auditoria especial foi efetuada pela Deloitte por determinação do Governo, na sequência do pagamento efetuado em junho de 2021 pelo Fundo de Resolução, com base no exercício de 2020, em cumprimento dos termos do Acordo de Capitalização Contingente ("CCA").

Em 2021, o pagamento efetuado pelo Fundo de Resolução relativo às contas do exercício de 2020 ascendeu a 429 milhões de euros.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais