Suspeitos do homicídio de Luís Grilo ficam em prisão preventiva

A.R.M. , CM 29 de setembro de 2018

Rosa Grilo e o alegado cúmplice foram interrogados entre sexta-feira e a manhã deste sábado.

Rosa Grilo e o alegado cúmplice, os dois suspeitos da morte do triatleta Luís Grilo, vão ficar em prisão preventiva, avança o Correio da Manhã.

Chegaram ao tribunal de Vila Franca de Xira pouco antes das 09h30 para conhecerem as medidas de coação. Os dois são os únicos suspeitos de terem planeado e executado a morte de Luís Grilo, marido de Rosa. Os suspeitos mataram o triatleta por um seguro de 100 mil euros. Segundo apurou o CM, os dois homicidas decidiram prestar declarações sobre o crime no Tribunal de Vila Franca de Xira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais