Covid-19: Pandemia já matou 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo
12:56Lusa

Covid-19: Pandemia já matou 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo

No sábado, 12.860 novas mortes e 703.283 novos casos foram registados em todo o mundo, verificando-se que os países que contabilizaram o maior número de novas mortes nos seus relatórios mais recentes são o Brasil, com 2.616 novas mortes, México (2.192) e Índia (839).

Para Ricardo, o Parkinson é só um contratempo
10:05Lucília Galha

Para Ricardo, o Parkinson é só um contratempo

O empresário, que é portador da doença, vai dar a volta ao mundo numa autocaravana para dar a conhecer esta condição neurológica – que não é a mesma coisa que o Alzheimer, como ele também pensava –, e ainda espera conhecer o Michael J. Fox. Este domingo assinala-se o Dia Mundial da Doença de Parkinson.

Palhinha: O betinho que em campo se transforma num monstro
10:00Carlos Torres

Palhinha: O betinho que em campo se transforma num monstro

No Sacavenense, em miúdo, era muito recatado e betinho, mas "chegava ao campo e transformava-se num monstro". João Palhinha festejava os golos com um salto mortal, quis jogar depois da morte do avô, foi recusado pelo Benfica e agora brilha no Sporting.

Quais são os planos para o funeral de Filipe?
OntemAna Bela Ferreira

Quais são os planos para o funeral de Filipe?

Os planos para o funeral do rei consorte de Inglaterra já estavam prontos há muito. Terão agora de ser atualizados para a pandemia. Filipe morreu na sexta-feira, aos 99 anos.

Como as autópsias a George Floyd podem mudar o julgamento da sua morte
09 de abrilDiogo Camilo

Como as autópsias a George Floyd podem mudar o julgamento da sua morte

Autópsia revela que norte-americano sofreu uma "paragem cardíaca e pulmonar" por causa da forma como foi imobilizado por Derek Chauvin, com este a segurar o seu pescoço com o joelho durante mais de 8 minutos. Mas o agora ex-polícia quer provar que o corpo do afro-americano era uma "bomba-relógio" e que não foi o uso excessivo de força que o matou.

Agnès Callamard, a destemida nova líder da Amnistia Internacional
09 de abrilRicardo Santos

Agnès Callamard, a destemida nova líder da Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional tem nova secretária-geral. Francesa, com 56 anos, neta de um membro da Resistência fuzilado durante a II Guerra Mundial, a até agora relatora especial da ONU, Agnès Callamard, tem uma carreira invejável na área dos direitos humanos e da liberdade de expressão. É persona non grata na Arábia Saudita e o presidente das Filipinas já lhe prometeu umas bofetadas.

DGS recomenda vacina da AstraZeneca a maiores de 60 anos
08 de abrilDiogo Camilo

DGS recomenda vacina da AstraZeneca a maiores de 60 anos

Após confirmação da ligação entre a vacina da AstraZeneca e a ocorrência de coágulos sanguíneos invulgares, Portugal opta por administrar a vacina apenas a pessoas com mais de 60 anos "até estar disponível informação adicional". Vacinação de docentes e não docentes será adiada por uma semana.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)