Passos exige que Azeredo Lopes esclareça acusações sobre "documento fabricado"

Cátia Andrea Costa 25 de setembro de 2017

Líder do PSD considerada "desastrada e desastrosa" a gestão que o Governo tem feito do assalto aos Paióis Nacionais

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, exigiu que o ministro da Defesa, Azeredo Lopes, esclareça as declarações que fez de que o relatório noticiado pelo Expresso sobre o assalto em Tancos seria fabricado e com objectivos políticos. O semanário divulgou no sábado um relatório, que atribuiu aos serviços de informações militares, com cenários "muito prováveis" de roubo de armamento em Tancos e com duras críticas à actuação do ministro da Defesa Nacional, na sequência do caso conhecido em 29 de Junho.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais