José Sócrates volta ao Youtube para desmentir Ministério Público

Alexandra Pedro 22 de novembro de 2017

Ex-primeiro-ministro publicou mais um vídeo no seu canal para desmistificar, segundo o próprio, as "invenções" do Ministério Público, no âmbito da Operação Marquês

As ligações entre o Grupo Lena, de Carlos Santos Silva, e a empresa Parque Escolar são a temática do novo vídeo de José Sócrates no Youtube, canal que tem usado para se defender das acusações de que é alvo na Operação Marquês. 

De todas as acusações, esta [relacionada com a Parque Escolar] é talvez a mais viciosa e numa evidente manipulação da realidade. (...) Dizem os investigadores que numa determinada fase do projecto foram adjudicadas às empresas do Grupo Lena 10,61% do total das adjudicações. Insinuando-se com isto, tendo esta dimensão superior à cota de mercado do grupo se tornaria por isso suspeita", começa por dizer o antigo primeiro-ministro português, argumentando que a acusação "é falsa". 

"Depois uma nova manipulação: o projecto da Parque Escolar, como é sabido, decorreu entre 2007 e 2011. Quatro anos. Pois bem, a acusação resolveu resumir-se apenas aos dois últimos anos - de 2009 a 2011", disse ainda, afirmando que o Ministério Público não contabilizou os dois primeiros anos, apenas porque estes não eram "vantajosos" para a história que queriam contar. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais