Ministério Público abre escutas políticas de José Sócrates

Ministério Público abre escutas políticas de José Sócrates
Carlos Rodrigues Lima 28 de novembro de 2017

Depois de o juiz de instrução, Carlos Alexandre, ter autorizado o acesso a todos os intervenientes no processo, procurador vai criar um cantinho específico no DCIAP para a audição das conversas e admite ceder cópias

As escutas telefónicas com conteúdo político-partidário vão ser disponibilizadas a todos os intervenientes no processo "Operação Marquês": arguidos e assistentes. Esta semana, o procurador Rosário Teixeira informou todas as partes do processo que, após a decisão do juiz de instrução, Carlos Alexandre, em dar acesso às conversas, será montado uma espécie de cantinho na secretaria do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) para a audição das conversas. Estas, segundo o mesmo despacho, poderão ser entregues aos arguidos que as requeiram. Quanto aos assistentes, o procurador diz que "deverá ser apreciada, caso a caso, o pedido de entregas de cópias".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais