Gabinete de Cabrita imputa culpa ao trabalhador atropelado

Gabinete de Cabrita imputa culpa ao trabalhador atropelado
SÁBADO 27 de junho
As mais lidas

Seguradora não paga indemnização à família de Nuno Santos porque a primeiras declarações do gabinete de Eduardo Cabrita imputam culpa ao homem, que morreu no acidente.

O inquérito ainda não chegou ao fim, mas até que exista essa conclusão final, a seguradora não irá pagar nenhuma indemnização à família do trabalhador atropelado mortalmente pelo carro onde seguia o ministro Eduardo Cabrita, no passado dia 18 de junho.

PAULO CUNHA/LUSA
Tudo porque, como avança o Correio da Manhã, as primeiras declarações escritas do gabinete do ministro da Administração Interna imputam a culpa ao trabalhador, dizendo que foi ele quem atravessou a via, a Autoestrada número 6. Logo, a seguradora só pagará alguma indemnização à mulher e às duas filhas (de 19 e 15 anos), depois de haver uma conclusão final.

Leia mais no Correio da Manhã.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais