Aumentaram os movimentos de extrema-direita em Portugal

Aumentaram os movimentos de extrema-direita em Portugal
Diogo Barreto 29 de março de 2018

As secretas nacionais concluem que existem cada vez mais grupos conotados com esta facção política.



Aumentaram os movimentos conotados com a extrema-direita em Portugal durante 2017, anunciam os serviços de informações nacionais no Relatório Anual de Segurança Interna (RASI).

No relatório aprovado pelo Conselho Superior de Segurança Interna as secretas salientam que "a extrema-direita portuguesa continuou a aproximar-se das principais tendências europeias, na luta pela "reconquista" da Europa pelos europeus" e que "para além de intensificarem os contactos internacionais, estes extremistas desenvolveram um esforço de convergência dos seus diferentes setores (identitários, nacional-socialistas, skinheads), no sentido de promoverem, no plano político e metapolítico, os seus objetivos", cita o Diário de Notícias esta quinta-feira.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais