Governo vai adquirir mais pulseiras electrónicas

Governo vai adquirir mais pulseiras electrónicas
Diogo Barreto 29 de março de 2018

A velocidade a que estão a ser atribuídas sentenças de prisão domiciliária vai forçar o Estado a gastar 1,1 milhão de euros nestes dispositivos.



O Governo continua o processo de descongestionar as cadeias através de prisões domiciliárias para condenados a penas inferiores a dois anos de pena. Esta terça-feira a secretária de Estado Adjunta e da Justiça assinou a portaria que prevê que sejam gastos 1,1 milhões de euros mais IVA até 2019 sem concurso público, por questões de urgência, para comprar 1.500 pulseiras electrónicas. Este diploma deve ainda ser assinado pelo secretário de Estado do Orçamento.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais